Galeria de fotos

    Padres


    Luiz Knupp        Edivaldo Rossi

 
    ACESSE O PLANO DE AÇÃO
        EVANGELIZADORA





 


Histórico

HISTÓRICO DA PARÓQUIA NOSSA SENHORA DE FÁTIMA DE MARIALVA

A criação da Paróquia de Marialva deu-se em 10 de abril de 1949, sendo instalado como primeiro vigário, independente da paróquia de Mandaguari da qual foi desmembrada, o Pe. Max Kley.  A duração da designação do Pe. Max foi de apenas oito dias, sendo que no dia 18 de abril deixou ele a paróquia para fazer uma viagem de férias à Alemanha não voltando mais para Marialva, sendo substituído pelo Pe. Antonio Mohn.

Padre Antonio ficou por pouco tempo, tendo conseguido da Companhia de Terras Norte do Paraná, a doação de datas para a construção da futura igreja matriz e também da casa paroquial.

A paróquia já estava no terceiro padre, Pe. Eugênio Herter, que chegou em 23 de julho de 1950, e, com muito esforço conseguiu a construção da tão sonhada casa paroquial em dezembro do mesmo ano. Em 14 de novembro de 1951, Marialva que até então era Distrito de Mandaguari, foi elevada a município.

Em 21 de fevereiro de 1954 toma posse o novo vigário, Pe. Theodoro Hermann, com o propósito de continuar a construção da família paroquial e da nova matriz.  Pe. Théo, como era carinhosamente chamado, prossegue com a construção da matriz, faz campanhas, festas, recebe doações e consegue aos poucos levantar uma igreja imponente, que ele mesmo planejou, acompanhando ativamente as obras.

A paróquia de Marialva que até então pertencia à Diocese de Jacarezinho, recebe em 1956 a grande notícia da criação da Diocese de Maringá, sendo nomeado Dom Jaime Luiz Coelho como Bispo, realizando em 13 de julho de 1957 a sua primeira Visita Oficial à Marialva.

O ano de 1965 foi marcado pela chegada das Irmãs da Congregação Anjos Custódios, que vieram com a missão de administrar a escola paroquial e ajudar nos trabalhos da igreja.

Em janeiro de 1966 Pe. Théo é informado da sua transferência para outra cidade. Foram 12 anos de muita luta que renderam resultados gratificantes e relevantes para a paróquia. Quanto progresso espiritual. Seu sucessor foi Cônego Vicente Magalhães Teixeira, datada sua posse de 27 de fevereiro de 1966. Cônego Vicente dá continuidade aos trabalhos da paróquia e construção da igreja matriz. Em julho de 1971, Cônego Vicente, doente, deveria deixar a paróquia para se tratar, o que acabou não acontecendo, pois, no dia 03 de janeiro de 1972 morreu em um acidente de carro, tendo sido sepultado na igreja matriz.

            Foi nomeado o novo pároco, Pe. Orivaldo Robles, em 02 de abril de 1972. As transformações realizadas por Pe. Orivaldo foram de grande relevância para a paróquia: a participação ativa dos leigos nas frentes de trabalho da igreja, equipes para os encontros de noivos, preparação para o batismo, liturgia, participação nos Cursilhos de Cristandade, até a elaboração do 1º Plano de Pastoral em 1975. Os primeiros passos para a formação das CEBs, foi dado em 1977, com a formação de vários grupos de reflexão, surgidos após a novena de Natal em Família.

            Pe. Orivaldo, idealizador e transformador da vida espiritual da paróquia, transfere-se para o Seminário Diocesano de Maringá, como reitor, a pedido de  Dom Jaime, Arcebispo Diocesano, em dezembro de 1982.

            Assume a paróquia em 1º de janeiro de 1983. Pe. Antônio de Pádua Almeida, conhecido por todos, tendo em vista já ter residido em Marialva. Pe. Almeida dedica especial atenção à formação catequética do povo, priorizando a Pastoral do Batismo, Catequese Infantil e Adultos, Crisma, Pré-Jovens e jovens.

            No ano de 1997 a paróquia de Marialva recebe com muita alegria um vigário paroquial, Pe. Onildo Luiz Gorla Júnior.,que já estava morando aqui quando teve sua ordenação presbiteral datada de 16/03/1997. Pe. Onildo logo conquista todos, pois se mostra bastante dinâmico, com muita disposição para as celebrações da Igreja, mas, infelizmente logo foi designado para atuar em outra paróquia.

            No ano de 1999 - Jubileu de Ouro da Paróquia, novamente a comunidade se alegra com a chegada do Diácono Francisco Gecivam Vieira Garcia, coincidindo sua ordenação presbiteral exatamente no dia da comemoração do Jubileu - 10 de abril, recebida por todos os fiéis como presente de Deus. Padre Francisco Gecivam logo depois é transferido para a Paróquia Jesus Bom Pastor de Paiçandu.

            Chegado o novo milênio, abriu-se um novo horizonte para a caminhada paroquial. Depois de 17 anos como pároco da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, o Pe. Antonio de Pádua Almeida sede lugar ao Pe. Nelson Aparecido Maia que, aos 22 de dezembro de 1991, foi Ordenado Presbítero aqui mesmo em Marialva. Filho dessa terra, Pe. Nelson foi nomeado por Dom Murilo Sebastião Ramos Krieger novo Pároco de Marialva, iniciando seus serviços aos 29 de janeiro de 2000, depois de atuar por sete anos como formador no Seminário Propedêutico Santo Cura d´Ars e no Seminário Maior Nossa Senhora da Glória.

Junto com o Pe. Nelson foram empossados como Vigários Paroquiais o Frei Moacir Rodrigues Biscaia OFMC que veio fazer uma experiência pastoral na Arquidiocese e o Pe. Antonio de Pádua Almeida que, reitor do seminário maior em substituição ao Pe. Nelson, passaria a colaborar com os trabalhos pastorais na paróquia nos finais de semana. Ambos prestaram seus serviços à Paróquia até o final de 2000.

            Nos anos de 2001 a 2004 o Pe. Nelson foi espontaneamente ajudado pelo Pe. Obelino Silva de Almeida que, vindo do Seminário de Londrina para atender a Paróquia de Aquidaban, colaborava nas atividades pastorais em Marialva.

            Em 2005 veio residir em Marialva o Pe. José Fernandes de Souza que foi nomeado vigário paroquial da Paróquia Nossa Senhora de Fátima e Pároco de Aquidaban. Ao termino deste mesmo ano passou a residir em Aquidaban deixando as atividades pastorais na Paróquia Nossa Senhora de Fátima. Ao final do ano seguinte, 2006, Pe. Nelson é transferido para a Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, em Maringá.

Aos 18 de fevereiro de 2007, Pe. Jair Aparecido Favoretto, toma posse como pároco desta paróquia. Devido algumas dificuldades pastorais enfrentadas, em 31 de agosto de 2007, Pe. Jair renuncia ao ofício de pároco da Paróquia Nossa Senhora de Fátima e pede transferência. Sendo assim, Pe. José Fernandes de Souza, pároco da paróquia Bom Jesus de Aquidaban, foi nomeado administrador paroquial a partir desta data até dezembro do corrente ano, contando com a colaboração do Pe. Edmar Peron, reitor do Seminário de Teologia Santíssima Trindade da Arquidiocese em Londrina.

No dia primeiro de fevereiro de 2008 tomam posse os Pe. Luiz Gonçalves Knupp, como administrador paroquial, e Pe. Edmar Peron como vigário paroquial desta paróquia Nossa Senhora de Fátima. Eles trabalham também no Seminário de Teologia Santíssima Trindade em Londrina, Pe. Edmar como reitor e Pe. Luiz como diretor espiritual.

 No dia 30 de dezembro de 2009 Pe. Edmar é nomeado bispo de auxiliar de São Paulo, com ordenação marcada para 28/02/2010. Sendo assim é nomeado vigário paroquial Pe. Antônio Fernando Vieira Garcia que é apresentado à Paróquia no dia 31 de janeiro de 2010, e acolhido com muito carinho pelos paroquianos.

 Nesta caminhada tão longa, de tantos sacrifícios e tantas provações em que foram lançadas inúmeras sementes, por muitos que por aqui passaram ou que ainda estão, hoje colhemos os frutos da evangelização, da fraternidade, da comunhão e do verdadeiro sentido de sermos Igreja!

 A Paróquia Nossa Senhora de Fátima, uma das mais antigas da Arquidiocese, é uma comunidade dinâmica, formada por leigos atuantes e criativos que se dedicam ardorosamente à obra da evangelização, na diversidade de ministérios e carismas. Em todas as comunidades, rurais e urbanas, nas várias pastorais e movimentos encontram-se cristãos convictos de sua fé que se colocam inteiramente á serviço da Igreja, oferecendo o melhor de si para a construção do Reino.


CLIK AQUI PARA VER FOTOS DA IGREJA EM NOSSA GALERIA


Alameda Guilherme De Polli, 99 | Marialva | 86990-000

(44) 3232-1307

Hospedado e desenvolvido por R4 Informática