Notícias

O problema está no canudinho?

   Por Joaquim B. de Souza, Editor
  Terça-feira, 09/04/2019, 07h13 
  Fonte: Da Redação

Bandeira do Brasil

O problema está no canudinho?
Imagem: NJ/O problema está no canudinho?

O problema está no canudinho? A falta de consciência e educação ambiental faz com que algumas decisões hilárias do poder público vem à tona - os canudinhos!

Algumas prefeituras e câmaras de vereadores têm criados Leis proibindo o uso de canudinhos em bares e restaurantes por contaminar o meio ambiente. Tem certeza? Quando os gestores públicos falham em suas administrações omitindo campanhas de conscientização ambiental, põem a culpa nos canudinhos!

O mundo gira em torno do plástico! O que é preciso é conscientizar a população da importância da reciclagem. Reciclagem não é papel só do gari uniformizado. É de todos!

O problema está no canudinho?

Em algumas cidades as campanhas e os modelos de reciclagem estão no caminho certo, mas a população... Quando vemos crianças corrigindo seus pais por jogarem plásticos no chão, surge uma esperança de um mundo melhor. Mas, quando o filho joga lixo no chão e os pais não dizem nada, a certeza é de que alguma coisa está errada nessa educação.

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, a decomposição dos materiais na natureza demanda certo tempo, os quais são classificados como:
 

Papel _
de 3 a 6 meses;
Tecidos _
de 6 meses a 1 ano;
Metal _
Mais de 100 anos;
Alumínio _
mais de 200 anos;
Plástico _
mais de 400 anos;
Vidro _
mais de 1000 anos.
 

De acordo com informações disponíveis no portal mma.gov.br, atualmente, "um terço do lixo doméstico é composto por embalagens. Cerca de 80% das embalagens são descartadas após usadas apenas uma vez!

Agora é que vem o que pode ser boa ou má gestão pública: “como nem todas seguem para reciclagem, este volume ajuda a superlotar os aterros e lixões, exigindo novas áreas para depositarmos o lixo que geramos”, diz o Ministério do Meio ambiente. Com campanha educacionais de reciclagem é certo que esse depósito de problemas iria reduzir consideravelmente.

Portanto, não culpem apenas os canudinhos, façam mais pelos seus municípios! Para concluir, segundo técnicos  do mma.gov.br, "todo esse impacto poderia ser diminuído ou eliminado, basicamente, por meio da redução do consumo desnecessário e correta separação e destinação do lixo".

 


Clube de Autores - livros de todos os gêneros literários  | JB Treinamento
Livros de todos os gêneros literários!
+ noticias

Imagens

Canudinhos



INSTITUCIONAL

ENDEREÇO

Um Jeito Novo de Informar | Centro
87230000 | Jussara
SUPORTE