Notícias

O Brasil está perdendo sua identidade

   Por Joaquim B. de Souza, Editor
  Sábado, 02/03/2019, 09h00 
  Fonte: Da Redação
                   
Click here to read the article in English

Imagem: Brasil: um país dividido / Reprodução OP Cafezinho
Imagem: Brasil: um país dividido? | Reprodução O Cafezinho


A máxima de que o Brasil é um país ordeiro, religioso, pacífico está caindo por terra desde que se iniciou uma campanha de difamação e de ódio em 2013.

Ódio desde então só tem crescido. Todos sabem como essa campanha se iniciou: derrubar o PT das eleições de 2014. Embora, a campanha fracassou no primeiro momento, entretanto, foi a partir da derrota da extrema direita nas eleições de 2014 que essas campanhas de difamação e ódio recrudesceram na mídia "institucionalizada" e nas redes sociais. 

O rancor, o ranço, não ficou apenas no âmbito das "lavadeiras"! Nos últimos cinco anos têm-se vistos bispos, padres, pastores entrarem nessa de difundirem o ódio em seus redutos proféticos, quando deveriam pregar a paz, o amor, a palavra de Jesus. O bispo auxiliar de Aparecida (SP), Dom Darci Nicioli, em 2016, sugeriu "matar" o Lula, em sua homilia. Embora, esse bispo tenha virado chacota nas redes sociais e afastado de suas funções em Aparecida, ficou registrado nas mentes perversas. 

Dilma Rousseff, em 2014, afirmou que "não mexo nos direitos trabalhistas nem que a vaca tussa". Passou a ser chamada de vaca por parlamentares, que deveriam ser pacificadores da legitimidade de um governo, das Leis de um páis; sem contar os idiotas e imbecis das redes sociais, dos inimigos da pátria e de uma extrema direita brasileira que queria a todo o custo rasgar a Constituição e a CLT.
 
Nas eleições de 2018, PT afastado do poder há dois anos, ainda foi objeto de ódio da campanha para eleger o novo presidente. O ódio foi tanto que dividiu famílias, afastou fieis de suas igrejas, pois padres faziam campanhas abertamente a favor de um candidato acusado de ser homofóbico, de pregar o ódio e com planos de acabar com direitos trabalhistas, de direitos sociais e da previdência. Presenciei pessoas saírem da Igreja dizendo que "tem mesmo que matar" esses bandidos. Não é isso que Jesus nos ensinou! 

Lula foi perseguido pelos seus inimigos políticos, condenado por uma extrema direita ambiciosa pelo poder; zombaram da morte de sua esposa Letícia; zombaram da morte de seu irmão Vavá e zombaram da morte de seu neto Arthur de apenas sete anos de idade. O ódio iniciado em 2013, propagado pelos interesses do capital americano, só tem aumentado, o fim disso tudo ninguém sabe, mas muitas lágrimas, dor e sofrimento vão permearem as vidas de milhões de brasileiros, a exemplo de que já acontece em outros países ao redor do mundo.

Diante de tanta discórdia, ódio, rancor e ranço, vale citar o escritor alemão Johann Goethe que diz tacitamente: “Se cada um de nós varresse a frente do nosso lugar, o mundo todo seria limpo.” Porém, ao invés disso estamos ajudando a sujá-lo.



Clube de Autores - livros de todos os gêneros literários  | JB Treinamento
Livros de todos os gêneros literários!


+ noticias
INSTITUCIONAL

ENDEREÇO

Um Jeito Novo de Informar | Centro
87230000 | Jussara
SUPORTE