Notícias

Curiosidades andinas

Por Jorge Antonio de Queiroz e Silva - segunda-feira, 27/10/2014, 20:00hs

Em uma conversa descontraída com Eliani Diehl, uma amiga pedagoga, tive acesso a algumas curiosidades da viagem que fez aos países andinos Bolívia e Peru. De acordo com Diehl, a maioria (de descendência indígena) dos jovens e dos velhos desses países preserva as tradições. Em Cochabamba, cidade localizada no oeste da Bolívia, a 2.560 metros de altitude, o exemplo de uma tradição está na refeição:

No primeiro momento é servido o prato "A sopa de Fidel", como é conhecido, que tem em sua composição o macarrão com pedaços de carne bovina ou de galinha. No segundo momento é servido o prato com arroz, carne (frango, bife bovino ou bisteca suína), da preferência do cliente, e salada de tomate.

Em La Paz, capital da Bolívia, o consumo do chá de folha de coca, matriz da cocaína, é comum. Por quê? A altitude (3.660 metros) da cidade provoca dor de cabeça, vômito e até sangramento nasal. O uso do chá elimina o mal-estar, além de prevenir algumas doenças, entre elas as do estômago.

Já na cidade de Ollantaytambo, no Peru, com altitude de 2.792 metros, Diehl indica o fascínio pelas ruínas incas: "Fiquei numa pousada aconchegante. É magnífico acordar, olhando para as ruínas incas, é uma visão única. Vi a celebração do Dia de Reis dos povos que moram em montanhas e que sobrevivem do artesanato feito com lã de carneiro".

Jorge Antonio de Queiroz e Silva é historiador, palestrante, professor. Membro do Instituto Histórico e Geográfico do Paraná.



+ noticias

Imagens

Curiosidades Andinas



ENDEREÇO

Um Jeito Novo de Informar | Centro
87230000 | Jussara
SUPORTE